Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

"Os Verdes" querem que Governo suspenda obras de expansão do aeroporto de Lisboa

Partido propôs à AR que seja feita uma avaliação ambiental estratégica.
Lusa 13 de Fevereiro de 2020 às 17:17
Aeroporto de Lisboa
Aeroporto de Lisboa FOTO: Vasco Neves
O Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV) propôs esta quinta-feira que a Assembleia da República recomende ao Governo a suspensão da expansão do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, para fazer uma avaliação ambiental estratégica.

O PEV apresentou um projeto de resolução, que não tem força de lei e é uma recomendação, neste caso ao executivo, em que também pede a "instalação de um sistema de monitorização do ruído e das emissões atmosféricas" emitidas pelo Aeroporto Humberto Delgado.

Em terceiro lugar, propõe ainda que se faça "um amplo debate público sobre os impactos atuais e futuros da infraestrutura aeroportuária de Lisboa".

No texto, o PEV afirma continuar "a exigir um processo claro, transparente, isento e sério" e que "facilmente se conclui que tanto a decisão da construção do aeroporto no Montijo como as obras de expansão do aeroporto Humberto Delgado ficam marcadas pela falta de transparência e rigor que se impõe".

Para "Os Verdes", exige-se que "o Governo intervenha rapidamente no sentido da suspensão do projeto de obras de expansão do Aeroporto Humberto Delgado e na realização de uma avaliação ambiental estratégia para o sistema aeroportuário de Lisboa".

A ANA - Aeroportos de Portugal e o Estado assinaram em 08 de janeiro o acordo para a expansão da capacidade aeroportuária de Lisboa, que prevê um investimento de 1,15 mil milhões de euros até 2028 e inclui a extensão da atual estrutura, Aeroporto Humberto Delgado (em Lisboa), e a transformação da base aérea do Montijo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)