Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

“Ou sai daí ou leva duas lambadas”

A história dos cornos do ex-ministro Manuel Pinho para Bernardino Soares, líder da bancada comunista, já foi contada e recontada imensas vezes, mas há pormenores deliciosos que vão sendo contados pelos protagonistas à medida que o tempo passa e as línguas se soltam para revelar picantes extraordinários do que se passou naquela tarde na Assembleia da República, no debate do Estado da Nação.
24 de Julho de 2009 às 00:30
Santos Silva tem fama de trauliteiro mas mostrou que é pacifista
Santos Silva tem fama de trauliteiro mas mostrou que é pacifista FOTO: Pedro Catarino

Acontece que quando Manuel Pinho, furioso com as bocas de Bernardino Soares, lhe fez um par de cornos, o deputado comunista agarrou no telefone da bancada e ligou para Santos Silva. Contou-lhe o que se tinha passado e fez um aviso ao ministro dos Assuntos Parlamentares: "Ou o senhor ministro da Economia sai da bancada do Governo ou eu salto daqui e dou-lhe duas lambadas. Ainda tem cara para levar duas lambadas." Augusto Santos Silva, com um sangue-frio notável, tentou acalmar o furioso Bernardino Soares e de imediato conseguiu convencer o ainda furibundo Manuel Pinho a abandonar de imediato o hemiciclo. Foi um momento heróico de um homem que ficou famoso por andar a dizer que gostava imenso de malhar na oposição. Neste caso seria o inverso.

Ver comentários