Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

PACHECO PEREIRA RECUSA COLIGAÇÃO NAS EUROPEIAS

Pacheco Pereira, eurodeputado social-democrata, recusou integrar a formação das listas às eleições europeias por discordar de uma possível coligação entre o PSD e o CDS-PP.
8 de Outubro de 2003 às 19:20
O eurodeputado, que falava esta quarta-feira aos jornalistas em Bruxelas, disse ter uma posição diferente da do seu partido, pelo que defendeu que “nestas circunstâncias” não pode fazer parte das listas.
Pacheco Pereira defendeu que uma eventual coligação PSD/CDS-PP nas eleições para o Parlamento Europeu pode gerar "grandes ambiguidades", já que se tratam de dois partidos com posições diferentes face à questão europeia.
Recorde-se que o primeiro-ministro, Durão Barroso, propôs na terça-feira que PSD e o CDS-PP concorram às eleições europeias de 2004.formando uma coligação. O chefe do Governo falava ontem perante os conselheiros nacionais do PSD, reunidos na sede do partido.
A intenção de manter uma acção conjunta entre os dois partidos já havia sido indiciada há duas semanas, durante o congresso do CDS-PP. Na altura, Durão Barroso enviou uma carta a Paulo Portas, líder dos populares, em que reforçava a sua intenção de manter a coligação.
Pacheco Pereira contesta ainda a realização no mesmo dia das eleições para o Parlamento europeu e do referendo sobre a Constituição europeia.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)