Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Partido pelos Animais quer deputado na Madeira

O presidente do Partido pelos Animais e pela Natureza (PAN), Paulo Borges, afirmou no domingo que está confiante na eleição de um deputado na Madeira, apontando que o objectivo prioritário é contribuir que esta região autónoma seja um "bom exemplo".
2 de Outubro de 2011 às 12:37
Paulo Borges referiu-se ao atropelamento de um cão pela comitiva do PSD-Madeira
Paulo Borges referiu-se ao atropelamento de um cão pela comitiva do PSD-Madeira FOTO: Pedro Catarino

"Gostaríamos que a Madeira pudesse ser conhecida em todo o Mundo como um exemplo, não pelos buracos financeiros, mas um exemplo de uma política de desenvolvimento sustentável, onde se prezasse o bem comum, seja dos homens e dos animais", disse Paulo Borges junto à Sé do Funchal, numa iniciativa da campanha eleitoral do PAN para as legislativas regionais do próximo domingo, 9 de Outubro. 

O responsável do PAN acrescentou que os esforços desta candidatura têm como prioridade "diminuir a pegada ecológica, diminuir o impacto ambiental, e fazer da Madeira um exemplo para todo o mundo de justiça social e económica, transparência nas contas públicas e respeito pelo equilíbrio ecológico e direitos dos homens e animais".  

Paulo Borges aproveitou a ocasião criticar e manifestar a sua indignação pelo incidente ocorrido sexta-feira com um carro da campanha eleitoral do  PSD-Madeira, que "atropelou um cão e pura e simplesmente não parou, deixou o animal a agonizar nas mãos dos populares".  

Quanto à meta estabelecida pelo partido para estas eleições, Paulo Borges apontou: "na Madeira tivemos o melhor resultado [nas legislativas nacionais]. Tivemos 2,74 por cento dos votos e estamos certos que vamos eleger pelo menos um deputado."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)