Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Partidos embolsam mais 1,5 milhões em 2017

PS quer acabar com o corte na subvenção estatal dos partidos.
Cristina Rita 22 de Setembro de 2016 às 08:37
PS quer acabar com o corte de 10% na subvenção dos partidos
PS quer acabar com o corte de 10% na subvenção dos partidos FOTO: Sérgio Lemos
O PS quer acabar com o corte de 10% na subvenção estatal dos partidos, aprovada em 2013. O prazo da medida, criada no quadro da ajuda externa ao País, termina a 31 de dezembro de 2016. Se nada for feito no Orçamento de 2017, os partidos receberão um acréscimo de cerca de 1,5 milhões de euros no próximo ano.

A atual subvenção aos partidos que tenham tido mais de 50 mil votos (são nove) é de 15,6 milhões de euros por ano. O responsável pelas finanças no PS, Luís Patrão, já afirmou que o objetivo é o "regresso à normalidade democrática".

O PSD, através de Matos Rosa, assegurou ao CM que "não se revê na posição do PS", mas  não revelou como votará em relação a propostas de outros partidos que visem manter os cortes.

Já Nuno Magalhães, do CDS, garantiu ao CM que o partido tomará a iniciativa de propor a manutenção dos cortes. Por seu lado, PCP e BE, que apoiam o Governo, são contra a entrega de mais dinheiro aos partidos.

Quanto ao eventual aumento das despesas das campanhas, que levaram um corte de 20% durante o período de ajuda financeira ao País, PS e PSD ainda nada decidiram.
PS Luís Patrão PSD Matos Rosa Nuno Magalhães CDS PCP BE Governo partidos subvenções
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)