Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Passos afasta cenário de cortes

Do ponto de vista do Estado o quadro é conhecido, nós temos o cancelamento dos 13º e 14º meses e a manutenção do congelamento de salários durante todo o período do programa de assistência económica e financeira. Esse é o enquadramento que é conhecido, não é novidade", declarou ontem o primeiro--ministro em Vila Real, rejeitando que haja novidades sobre as tabelas salariais da Função Pública.

20 de Novembro de 2011 às 01:00
O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, foi a Vila Real participar na apresentação de um livro sobre as Misericórdias
O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, foi a Vila Real participar na apresentação de um livro sobre as Misericórdias FOTO: Estela Silva/Lusa

Passos Coelho disse que não há mexidas nas tabelas em 2012, ao mesmo tempo que voltou a defender a contenção salarial para o sector privado. Contudo, recusou cortes nos salários para o privado, sublinhando que "não está previsto no acordo". Logo é um ‘não’ assunto.

O Governo, pela voz do secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, apontou uma revisão das tabelas salariais na Função Pública, a estudar até ao final de 2012. Passos falava em Vila Real, na apresentação do livro sobre a história das Misericórdias e anunciou que tenciona devolver quinze hospitais às Misericórdias até Março de 2012.

EXECUTIVO NÃO DÁ SINAIS DE CEDÊNCIA AO PS

O PS insiste em manter a taxa do IVA nos 13 por cento para a restauração, alimentação de bebés e cultura, contra a proposta governamental de 23 por cento. O Governo dá sinais de não querer ceder aos socialistas. O CM apurou que o Governo não está convencido de que as propostas do PS não tenham impacto no défice, mas só a partir de amanhã , prazo limite para entregar alterações ao Orçamento, se avaliará se as reuniões de trabalho se traduzem num acordo com o PS para lá da autonomia das universidades.

PASSOS COELHO PRIMEIRO-MINISTRO GOVERNO AJUDA EXTERNA CORTES
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)