Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Passos Coelho quer “solução gradualista” para regionalização

O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, defendeu esta quarta-feira a remoção do "travão constitucional" à implementação de uma "solução gradualista" para a regionalização do País, através da criação de uma "experiência piloto".
15 de Setembro de 2010 às 12:15
Passos Coelho defende "experiência piloto"
Passos Coelho defende 'experiência piloto' FOTO: Lusa/João Relvas

"Estamos convencidos que, se do lado constitucional for removido o travão que hoje existe para que uma experiência desta natureza possa ser feita, teremos dado um primeiro passo que não resolve de imediato o problema, mas que nos pode orientar de uma forma muito sustentada para a resolução deste problema num futuro próximo", disse.  

Antes, numa conferência sobre organização do território promovida pela Plataforma Construir Ideias, a decorrer em Sintra, o líder social democrata  tinha contraposto à regionalização integral do País uma "solução gradualista" capaz de trazer "uma experiência de regionalização" com a qual todos possam aprender.  

"Precisamos de ter a certeza que encontramos uma boa forma de resolver três problemas: financiamento, correta delimitação territorial das regiões  e a transferência de meios técnicos capazes que suportem a reorganização das estruturas no território. Ora, a única maneira de fazer isto é passar  da especulação para a experiência. E durante um determinado período ensaiar, não como quem se entrega a experiências de que não conhece o resultado, absolutamente aventureiras, mas de quem pode desenvolver um processo controlado  para resolver estes problemas antes de eles se poderem disseminar pelo território", defendeu.  

E acrescentou: "Foi isso que o PSD fez através de uma proposta que inclui  no seu projeto de revisão constitucional que envolve a possibilidade de  criarmos uma experiência piloto para a regionalização do nosso território continental."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)