Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Passos Coelho: "Tenho corrido demasiados riscos"

O presidente do PSD disse, esta quinta-feira. ter a noção de que tem "corrido demasiados riscos" ao dispor-se a responder "a tantas questões" e de uma forma frontal, mas considerou que é isso que o distingue.
26 de Maio de 2011 às 20:52
"Realmente, às vezes é preciso correr riscos. Esses riscos não me causam um arrependimento", diz Passos Coelho
'Realmente, às vezes é preciso correr riscos. Esses riscos não me causam um arrependimento', diz Passos Coelho FOTO: Lusa

Durante um debate com uma plateia maioritariamente jovem, num hotel de Bragança, em que respondeu também a questões colocadas através do Facebook, Passos Coelho contou que esta quinta-feira vinha no carro em conversa com o seu colaborador para a área da comunicação social, Rui Baptista, e lhe perguntou se não têm sido "um bocadinho ingénuos".  

Segundo o presidente do PSD, que referiu que "isto vem a propósito desta  olémica sobre a questão da lei do aborto", nesta campanha tem sido possível colocar-lhe "todas as questões e mais algumas" e tem respondido "com sinceridade  e de forma genuína às perguntas".  

Nesta sessão que foi aberta à comunicação social, Passos Coelho acrescentou que a resposta de Rui Baptista foi que era isso que os "distinguia dos outros". E concordou: "É verdade, eu acho que ele tem razão. Realmente, às vezes é preciso correr riscos. Esses riscos não me causam um arrependimento, mas tenho a noção de que tenho corrido demasiados riscos e que tenho proposto um caminho demasiado difícil, que às vezes as pessoas têm dificuldade em entender."

passos coelho psd rui baptista legislativas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)