Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

“Passos dará um bom primeiro-ministro”

O líder do PSD-Madeira (PSD-M), Alberto João Jardim, declarou ontem que Pedro Passos Coelho "obviamente dará um bom primeiro-ministro" para Portugal.
22 de Agosto de 2010 às 00:30
Alberto João Jardim e Pedro Passos Coelho tiveram ontem o primeiro encontro a sós, na Madeira
Alberto João Jardim e Pedro Passos Coelho tiveram ontem o primeiro encontro a sós, na Madeira FOTO: Homem de Gouveia/Lusa

Jardim falava em conferência de imprensa antes da reunião de trabalho que manteve com o presidente nacional do partido, naquele que foi o primeiro encontro entre os dois responsáveis sociais-democratas depois da eleição de Passos Coelho. O líder nacional do PSD deslocou-se à Madeira para participar na sessão solene do Dia da Cidade do Funchal, a convite do presidente do município, Miguel Albuquerque.

Jardim salientou que "muitas vezes o PSD nacional viveu climas de conspiração e tentativas de derrubar o líder, mas nunca viram partir da Madeira qualquer iniciativa" nesse sentido. "Houve sempre uma grande lealdade por parte do PSD-M para com quem está legitimado para dirigir o partido", sublinhou.

O presidente do Governo Regional da Madeira afirmou ainda que a "República Portuguesa escolheu maus caminhos" e criticou as "imbecilidades" dos que não entendem que "a unidade nacional assenta em harmonizar constitucionalmente duas vontades".

O governante realçou também o "orgulho que não fez os madeirenses perderem o sentido da portugalidade comum, mas de essência axiomaticamente diferente no seio do todo português".

Pedro Passos Coelho salientou a importância do encontro: "Não estamos aqui por capricho pessoal, para matar tempo, mas sim porque temos responsabilidades em que temos de concertar posições."

PSD DEFENDE AGRICULTORES

O PSD exigiu ontem explicações da Autoridade da Concorrência sobre os 20 cêntimos de diferença entre o valor do leite pago ao produtor e o preço que é cobrado ao consumidor.

Os produtores dizem-se lesados e apresentaram a questão ao vice--presidente do partido e da distrital do Porto, Marco António Costa, numa reunião com a Associação dos Jovens Agricultores do Distrito do Porto e a Associação de Produtores de Leite de Portugal. O dirigente do PSD considera que os agricultores enfrentam custos superiores aos praticados no resto da Europa. "Há uma geração de jovens que ouviu o apelo nacional para não deixar morrer a agricultura e aquilo que tem pela frente é um futuro sem esperança", afirmou Marco Costa, adiantando que a matéria será alvo de requerimentos do PSD ao Governo e de eventuais iniciativas legislativas.

AUTONOMIAS SÃO EXPERIÊNCIAS "MADURAS"

O líder nacional do PSD afirmou ontem que as autonomias da Madeira e dos Açores são experiências "maduras", um "orgulho para a democracia e experiência constitucional" de Portugal, e devem ser aprofundadas. Passos Coelho rejeitou ter-se sentido atingido pelo discurso do presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, que defendeu que os direitos regionais devem ser reconhecidos no âmbito da unidade nacional. "É natural que o presidente do PSD-Madeira tenha uma visão não inteiramente coincidente em matéria de autonomias", disse. Apesar de sustentar que são autonomias maduras, tal "não significa que não haja progressos e ainda a possibilidade de aperfeiçoamentos".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)