Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Passos escutado “fortuitamente” no caso ‘Monte Branco’

O primeiro-ministro foi escutado no âmbito do caso ‘Monte Branco’.
20 de Outubro de 2012 às 11:18
O gabinete de Pedro Passos Coelho respondeu ao mesmo jornal que não está a par do assunto
O gabinete de Pedro Passos Coelho respondeu ao mesmo jornal que não está a par do assunto FOTO: Robert Ghement/EPA

A conversa de pedro Passos Coelho foi encaminhada para o Supremo Tribunal de Justiça pelo então procurador geral da República, Pinto Monteiro, no seu penúltimo dia em funções.

De acordo com a edição deste sábado do ‘Expresso’, uma fonte judicial revela que o líder do Executivo “foi escutado fortuitamente no âmbito do processo ‘Monte Branco’".

O gabinete de Pedro Passos Coelho respondeu ao mesmo jornal que não está a par do assunto.

Ao contrário do que se passou no caso ‘Face Oculta’, com o então primeiro-ministro José Sócrates, este pedido de aprovação não foi acompanhado “por qualquer participação de crime”.

Este processo, que se refere a fraude fiscal e branqueamento de capital, contempla quatro banqueiros portugueses e suíços, detidos em Maio.

passos coelho primeiro-ministro monte branco escutas pgr pinto monteiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)