Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Passos enaltece redução do défice e despesa

Líder governamental destaca feito em ano de eleições.
2 de Setembro de 2015 às 21:19
Pedro Passos Coelho (Esq.) e Paulo Portas (Dir) na apresentação dos candidatos ao círculo eleitoral de Lisboa
Pedro Passos Coelho (Esq.) e Paulo Portas (Dir) na apresentação dos candidatos ao círculo eleitoral de Lisboa FOTO: José Sena Goulão/Lusa
O primeiro-ministro e presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, enalteceu esta quarta-feira a redução do défice e da despesa pública ao longo deste ano, que assinalou ser de eleições legislativas, e desafiou a que se procure um exemplo semelhante.

"O nosso défice continua a baixar, e também baixa porque baixa a despesa do Estado. E este é ano de eleições", declarou Pedro Passos Coelho, numa sessão de apresentação dos candidatos da coligação PSD/CDS-PP pelo círculo eleitoral de Lisboa.

Passos Coelho, que é o cabeça de lista da coligação Portugal à Frente neste círculo eleitoral, acrescentou: "Procurem outra data no Portugal democrático em que, em ano de eleições, os governos baixassem a despesa a pensar no futuro dos portugueses. Procurem outro ano. Fazemo-lo, portanto, porque sabemos que é a nossa obrigação moral defender o futuro para os portugueses e respeitar a sua inteligência".

Numa alusão à anterior governação do PS, o presidente do PSD considerou que "os eleitores evidentemente são inteligentes e sabem observar a diferença entre aqueles que baixam impostos e aumentam salários a pensar nas eleições, e aqueles que reduzem a despesa do Estado e fazem aquilo a que se comprometeram para salvaguardar um futuro melhor".
Pedro Passos Coelho PSD défice despesa eleições
Ver comentários