Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Paulo Portas não quer "substituir socialismo pelo liberalismo"

O líder do CDS-PP, Paulo Portas, afirmou "não querer substituir o socialismo pelo liberalismo" na Constituição e acusou PS e PSD de usarem a revisão da Lei Fundamental como "arma de arremesso".
23 de Julho de 2010 às 18:11
Paulo Portas diz que o importante é "flexibilizar a contratação"
Paulo Portas diz que o importante é 'flexibilizar a contratação' FOTO: Lusa

Paulo Portas declarou que "o CDS vai tratar a revisão constitucional como uma questão de Estado e não como uma arma de arremesso", acusando PS e PSD de "estarem a usar o tema com bastante fingimento".   

 

"O PSD usa a revisão constitucional para fingir que não tem um acordo com o Governo na política económica, fiscal e social. O PS usa a revisão constitucional para fingir que é o partido do Estado Social", argumentou. 

 

Paulo Portas disse ainda que "o importante não é liberalizar o despedimento, é flexibilizar a contratação".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)