Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Paulo Portas "queria ter uma no saco e outra no papo"

Jerónimo de Sousa mostrou este sábado, num comício em Fafe, não estar surpreendido com a posição do CDS face ao Orçamento do Estado para 2013.
20 de Outubro de 2012 às 15:16
“Este Governo tem uma política violenta e não há maior violência que a destruição de vidas”, disse Jerónimo de Sousa
“Este Governo tem uma política violenta e não há maior violência que a destruição de vidas”, disse Jerónimo de Sousa FOTO: Lusa

“Eu diria que Paulo Portas queria ter uma no saco e outra no papo. Ou seja, ser parte do Governo, co-responsável com a política, com o pacto de agressão, e simultaneamente ver-se livre daquilo que são as malfeitorias e os dramas que esta política provoca”, afirmou o secretário-geral do PCP.

Jerónimo de Sousa apelou à luta nas ruas, mas não à violência, dizendo que violento é o Orçamento de Estado. “Este Governo tem uma política violenta e não há maior violência que a destruição de vidas”, disse.

jerónimo de sousa pcp paulo portas cds orçamento do estado governo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)