Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

PCP quer decidir "caso a caso" e realça que Presidente não exigiu qualquer papel

Jerónimo e restante comitiva ouvidos esta terça-feira em Belém.
Lusa 8 de Outubro de 2019 às 19:16
PCP quer decidir 'caso a caso' e realça que Presidente não exigiu qualquer papel
PCP quer decidir 'caso a caso' e realça que Presidente não exigiu qualquer papel FOTO: Lusa
O secretário-geral do PCP reiterou esta terça-feira que os comunistas querem decidir "caso a caso" se aprovam ou se opõem a medidas de um futuro Governo do PS, realçando que o Presidente da República não exigiu "qualquer papel".

Jerónimo de Sousa falava no Palácio de Belém, em Lisboa, à saída de uma reunião com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no quadro das audições aos partidos com assento parlamentar sobre a formação do novo Governo.

Para o PCP é "claro e óbvio" que dos resultados das eleições resulta a indigitação do secretário-geral do PS, António Costa, como primeiro-ministro, e "não há necessidade de outro posicionamento ou de qualquer papel, não tem sentido, tendo em conta esta realidade e esta posição do próprio Presidente da República", defendeu.

O secretário-geral do PCP realçou que "o senhor Presidente da República atual não fez nenhuma exigência idêntica" à do seu antecessor, Aníbal Cavaco Silva, que em 2015, para dar posse ao Governo do PS, "exigiu de uma forma persistente algumas medidas básicas que acabariam por ser contidas nesse documento".

Questionado se a falta de um acordo escrito com o PS não trará instabilidade, Jerónimo de Sousa respondeu: "Não. Creio que não foi esse papel que determinou o desenvolvimento dos processos legislativos, das alterações que se verificaram, designadamente no exame comum das propostas de Orçamento do Estado, em que houve, de facto, convergência em relação a direitos importantes que foram concretizados".

A delegação do PCP, que incluía também os dirigentes comunistas Jorge Cordeiro, João Oliveira e Manuela Pinto Ângelo, esteve reunida com o chefe de Estado durante cerca de uma hora.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)