Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Pensões sobem dois euros

Governo aumenta no próximo ano em um por cento as pensões mínimas, rurais e sociais
26 de Outubro de 2013 às 01:00
Ministro Pedro Mota Soares foi ontem ao Parlamento
Ministro Pedro Mota Soares foi ontem ao Parlamento FOTO: Tiago Petinga/Lusa

O Governo vai aumentar para o ano em 1% as pensões mínimas, rurais e sociais. É uma subida que varia entre 2 a 2,5 euros para as reformas mais baixas da Segurança Social, que rondam os 200 euros.

A garantia do aumento ao nível da inflação para 2014 foi dada pelo ministro da Segurança Social, Mota Soares, ontem no Parlamento, que recordou os aumentos sucessivos deste Governo com as pensões mínimas. "Um aumento que no triénio se traduz em 5,2 % e que para um milhão e cem mil portugueses, que no passado tinham as suas pensões congeladas, representa um ganho anual médio de 160 euros anuais".

No caso da pensão mínima, esta sobe 2,5 euros para os 259,3 euros, o que corresponde a um aumento diário de apenas oito cêntimos. A pensão rural aumenta 2,3 euros para os 239,4 euros, e a pensão social para os 199,5 euros, um crescimento de dois euros pelos cálculos do CM. O ministro confirmou ainda que a idade da reforma vai aumentar todos os anos para lá dos 66 anos.

O Governo confirmou ainda que o corte de 10% nas pensões vai abranger os 31 mil reformados dos fundos de pensões dos CTT, PT, NAV e ANA, como revelou o ‘Diário Económico'.

PENSÕES REFORMAS SUBIDA
Ver comentários