Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Pesca da sardinha em março e abril não pode ultrapassar 5%

O Governo permite a captura da sardinha em março e abril.
1 de Março de 2016 às 15:19
A ministra do Mar Ana Paula Vitorino
A ministra do Mar Ana Paula Vitorino FOTO: José Sena Goulão/Lusa

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, esclareceu esta terça-feira que a pesca à sardinha nos meses de março e abril vai ser apenas residual, estando o grosso reservado para os meses seguintes.

"Durante dois meses vai ser permitida a pesca acessória, em que os pescadores podem apanhar sardinha até um máximo de 5% do total do pescado. Não é uma pesca direcionada, é acessória", disse a governante. Ana Paula Vitorino, que falava no final de uma visita à Feira Internacional do Setor Agroalimentar e Bebidas (SISAB), referia-se ao despacho divulgado na segunda-feira com as novas regras para a pesca da sardinha.

O Governo permite assim a captura da sardinha em março e abril, mas concentrando-a nos meses de maio, junho e julho. Depois do encerramento da captura de sardinha em janeiro e fevereiro, no âmbito do período de defeso biológico da espécie, os pescadores tinham pedido que o período de paragem fosse prolongado até final de abril para concentrar a pesca no período em que a sardinha tem mais qualidade e é mais rentável, mas o Ministério do Mar decidiu permitir já em março e abril a captura deste peixe, ainda que com limitações.

Esta terça-feira, a ministra frisou que esta foi uma "decisão de consenso" e que envolveu cientistas, pescadores e entidades públicas.

Aos jornalistas, Ana Paula Vitorino frisou que a autorização da captura da sardinha a partir de março, ainda que acessória, só pode ser dada porque o "'stock' estava melhor do que no ano passado". A governante disse ainda acreditar que Portugal vai conseguir aumentar a quota da sardinha ibérica porque os "dados científicos de dezembro mostram que já houve uma melhoria do 'stock'".

Ana Paula Vitorino Feira Internacional do Setor Agroalimentar Ministério do Mar pescas sardinha
Ver comentários