Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

PEV a favor de entendimentos com PS sobre programa de Governo

Dirigentes do PEV reiteraram que Costa tem condições para formar um elenco governativo.
Lusa 10 de Outubro de 2019 às 14:09
Primeiro-ministro António Costa
António Costa
António Costa
Primeiro-ministro António Costa
António Costa
António Costa
Primeiro-ministro António Costa
António Costa
António Costa
A direção de "Os Verdes" (PEV) mostrou-se quarta-feira a favor de entendimentos com o PS sobre eventuais propostas de rejeição do programa de Governo, futuras moções de censura e em cada proposta de Orçamento do Estado (OE).

"Relativamente à reunião bilateral, havida ontem [quarta-feira], entre PEV e PS, a Comissão Executiva Nacional de 'Os Verdes' pronunciou-se favoravelmente à sua disponibilidade para apreciação prévia conjunta de eventuais propostas de rejeição ao programa de Governo, moções de censura ao Governo e de cada Orçamento de Estado", lê-se em documento que resume a reunião da direção ecologista, na noite de quarta-feira, e a que a Agência Lusa teve acesso.

Os dirigentes do PEV reiteraram que o primeiro-ministro indigitado e secretário-geral socialista, António Costa, tem condições para formar um elenco governativo, neste caso o XXII Governo Constitucional, na próxima legislatura, a XIV.

"À semelhança do que vem sendo a cobertura dos atos eleitorais, a comunicação social, infelizmente, tem tido um papel de silenciamento, de deturpação e daquilo que é a ação consequente do PEV e da grandiosidade e riqueza das campanhas eleitorais da CDU", lamentaram "Os Verdes".

No documento, o PEV manifestou "grande preocupação perante um crescimento alarmante da vertente populista de candidaturas e campanhas eleitorais e a sua valorização pelos media, assim como com o crescimento de uma clara extrema direita".

A direção do PEV apontou ainda quatro prioridades para a legislatura que se segue, ao mesmo tempo que se congratulou pela eleição do deputado José Luís Ferreira, por Setúbal, e Mariana Silva, por Lisboa, e consequente constituição de um grupo parlamentar autónomo.

"Alterações climáticas, em que a mobilidade é componente fundamental que exige um forte investimento no plano ferroviário; biodiversidade, em que é urgente continuar a luta para travar o eucalipto e as culturas intensivas e super-intensivas nomeadamente de olival; revitalização e desenvolvimento do interior do país, criando condições para a fixação de tecido produtivo e população; redução dos plásticos na nossa sociedade, nomeadamente descartáveis, e de embalagens", são os assuntos preferenciais.
XXII Governo Constitucional PS PEV Os Verdes OE política referendo governo (sistema) partidos e movimentos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)