Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

Político acusado de dever 24 mil €

Rodolfo Gomes, morador no condomínio Apartamentos Vip VIII, em Santa Cruz, Madeira, acusa o infantário Estrelinhas do Vip, do qual o deputado regional do CDS-PP Lino Abreu é um dos sócios, de dever à associação de condóminos mais de 24 mil euros.
6 de Setembro de 2011 às 00:30
Creche acusada de dívida a associação de condóminos é de uma empresa em que Lino Abreu é sócio
Creche acusada de dívida a associação de condóminos é de uma empresa em que Lino Abreu é sócio FOTO: Rodolfo Gomes

"Moro há 8 anos no condomínio e desde essa altura que o deputado falha o pagamento das quotas. Na última assembleia de moradores disse que não tinha dinheiro", denuncia Rodolfo Gomes. Contactado pelo CM, o deputado e vereador sem pelouro na Câmara do Funchal retorquiu ter "razão em não pagar" e desmente a afirmação de que não teria dinheiro. Lino Abreu afirmou que "a primeira empresa de gestão de condomínios determinou que o infantário não pertenceria na totalidade ao condomínio, pelo que teria uma redução nas quotas." Rodolfo Gomes justifica esta alteração no pagamento com a existência de um "amigo do deputado na gestão dessa empresa".

Desde que foi formada a associação de condóminos, em 2003, já foram quatro as empresas responsáveis pela administração. A Charib, actual gestor, afirmou não estar autorizada a prestar declarações.

CRECHE MADEIRA CDS LINO ABREU SÓCIO DÍVIDA
Ver comentários