Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

PORTAS ACUSADO DE XENOFOBIA

A oposição acusou ontem o ministro da Defesa, Paulo Portas, de ter um "discurso xenófobo" sobre a imigração e exigiu ao Governo que esclareça qual a sua política nesta área.
25 de Setembro de 2003 às 00:00
Num debate parlamentar, em que o PSD primou pelo silêncio, a questão foi levantada por António Filipe. O deputado comunista responsabilizou o ministro por ter introduzido em Portugal "o discurso político anti-imigrantes, que é próprio dos partidos mais radicais da direita europeia".
Posição em que foi acompanhado pelo socialista Vitalino Canas, que exigiu ao primeiro-ministro que esclareça se concorda "com o discurso a raiar a xenofobia" de Paulo Portas. O deputado socialista quis também saber se o PSD e CDS- -PP vão defender a União Europeia e a integração de imigrantes nas próximas eleições europeias ou vão seguir a linha de Portas.
Nuno Melo, do CDS-PP, afirmou que Portas se limitou "a constatar a existência de uma crise de emprego em Portugal" e, em consequência, a "defender a regulação do fluxo migratório".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)