Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

PORTAS APOIA JARDIM PARA COMISSÁRIO EUROPEU

Paulo Portas foi ontem recebido no Funchal de braços abertos pelo Presidente do Governo da Madeira, João Jardim, que não se coibiu de lhe tecer rasgados elogios.
27 de Abril de 2003 às 00:00
À hora do almoço, na Quinta da Vigia, antes da inauguração do Monumento ao Combatente Madeirense no Ultramar, o ministro da Defesa retribuiu-lhe os cumprimentos declarando apoio à sua candidatura ao cargo de Comissário Europeu.
Na presença do vice-presidente do Governo da Madeira, João Cunha e Silva, Portas disse, dirigindo-se a Jardim: “O País ainda espera muito de si e a Europa também...” A esta declaração seguiu-se uma subtil troca de sorrisos cúmplices entre os dois políticos, dando claramente a entender que Jardim pode contar com o apoio de Portas no seu confessado desejo de ser Comissário Europeu, quando António Vitorino cessar o mandato.
Quem terá ficado satisfeito com esta hipótese foi João Cunha e Silva, apontado, recentemente, pelo próprio Jardim como seu sucessor na Presidência do Governo Regional.
Durante o encontro também se falou de Forças Armadas e da importância para a região do Radar do Pico Arieiro, considerado por Portas “um projecto nacional da maior importância, porque significa que Portugal passará a ter o controlo sobre o espaço aéreo e esse controlo deixará de ser feito por terceiros e dá a Madeira uma centralidade estratégica que é fundamental”.
Ainda a propósito de militares, o CM apurou que o ministro vai condecorar todos os ex-prisioneiros de guerra portugueses (cerca de 4 mil) no próximo dia 10 de Maio, data que assinala o regresso à Pátria desses combatentes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)