Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Portas: "Com certeza que não está tudo bem"

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, afirmou esta sexta-feira, no Parlamento, que "com certeza que não está tudo bem", numa resposta ao PS sobre a situação económica do País. Antes, o ministro das Finanças assumiu a "seriedade da situação económica".
1 de Março de 2013 às 13:25

Num debate de urgência pedido pelo PS, o ministro Paulo Portas defendeu que é necessário "preservar" os consensos políticos e "acordos sociais", apesar de ser um ano de eleições autárquicas, numa tentativa de aproximação ao maior partido da oposição.

Minutos antes, Gaspar fez o mesmo discurso de aproximação na defesa, por exemplo, de um banco de "desenvolvimento" indo ao encontro da proposta de criação do banco de fomento feita pelo PS.

Na coligação também se reconhece que é preciso flexibilizar prazos para atingir as metas do défice.

paulo portas ps governo coligação cds-pp
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)