Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

PORTAS ESCOLHE CHEFE DA FORÇA AÉREA

Paulo Portas inicia na sexta-feira o processo de audições que levará à escolha do novo Chefe de Estado Maior da Força Aérea(CEMFA). O ministro da Defesa vai ouvir nove oficiais generais durante três dias com o objectivo de encontrar um substituto para o general António Vaz Afonso, o último chefe de Estado-Maior ainda nomeado pelo governo anterior, que cessou funções no passado dia 13.
18 de Novembro de 2003 às 00:00
Entre as nove personalidades em causa, quatro parecem estar na linha da frente na corrida à sucessão de Vaz Afonso. Desde logo José Fernandes Nico, actual vice-CEMFA e CEMFA interino. Entre os candidatos, destacam-se também Rui Fidalgo Ferreira, actual comandante do Comando de Pessoal da Força Aérea, Manuel Taveira Martins, actual chefe do Comando de Logística da Força Aérea, e Fernando Sousa Rodrigues, representante militar de Portugal na NATO/União Europeia.
Nestas audições, em que os oficiais serão recebidos de acordo com o critério da antiguidade, Portas vai ouvir também Valente de Oliveira Simões, actualmente colocado no Supremo Tribunal Militar, João Barroso Letras, o tenente-general que chefia o Comando da Zona Aérea dos Açores, Rocha Martins, director do Instituto de Estados Estudos da Força Aérea, Martins de Matos, comandante do Comando Operacional da Força Aérea, e David de Almeida Oliveira, actual inspector-geral da Força Aérea.
Feita a escolha, o nome será aprovado pelo Conselho de Ministros, mas a decisão final está nas mãos de Jorge Sampaio, na qualidade de Chefe Supremo das Forças Armadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)