Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Portas diz que chegou a hora de "virar a página" na Madeira

Líder nacional do CDS-PP afirmou que autonomia "nunca foi contraditória com patriotismo".
5 de Dezembro de 2014 às 23:17
Vice-primeiro-ministro esteve na sessão de abertura do 14.º congresso regional do CDS-PP/Madeira
Vice-primeiro-ministro esteve na sessão de abertura do 14.º congresso regional do CDS-PP/Madeira FOTO: Homem de Gouveia/Lusa

O líder nacional do CDS-PP, Paulo Portas, afirmou esta sexta-feira que a autonomia "nunca foi contraditória com patriotismo", sustentando que chegou o momento de "virar a página" na governação da Madeira.


"Se o PS [na República] e o Governo [PSD] daqui [Madeira] fez o que fez, é tempo de virar a página e dar oportunidade a quem teve razão", afirmou o também vice-primeiro-ministro na sessão de abertura do 14.º congresso regional do CDS-PP/Madeira, que decorre este fim de semana no Funchal, subordinado ao tema 'Compromisso pela Madeira'.


Paulo Portas salientou que o "CDS avisou para a ruína que se estava a construir", uma situação económica e financeira que levou a uma política de austeridade e a um programa de assistência financeira para fazer face à divida regional, mas as pessoas "não ligaram muito" e acabaram apenas por "dar força" a este partido "quando o precipício estava à vista para liderar a oposição".



paulo portas madeira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)