Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

“Portugal vai dobrar cabo das tormentas”

O primeiro-ministro e presidente do PSD manifestou, ontem, "a convicção" de que em 2012 Portugal terá cumprido todas as metas com que se comprometeu, sendo que em 2013 o País "terá dobrado o cabo das tormentas". Passos Coelho discursava num convívio de Natal do grupo parlamentar do PSD, onde o tema da emigração de professores não ficou à margem, tendo o chefe do Governo englobado este tema no grupo de "episódios laterais".
22 de Dezembro de 2011 às 01:00
Passos recebeu presente
Passos recebeu presente FOTO: António Cotrim/Lusa

Do grupo parlamentar, o chefe do Governo recebeu, de prenda de Natal, uma colectânea de discursos que proferiu enquanto líder da JSD e deputado do PSD. No final do encontro, Passos reuniu-se com o secretário-geral do PS, António José Seguro. O motivo do encontro ficou fechado a sete chaves, mas Seguro assegurou tratar-se de uma reunião "normal".

PASSOS COELHO CRISE PRIMEIRO-MINISTRO
Ver comentários