Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Portugal esteve à altura na integração na UE

Cavaco Silva condecorou onze personalidades.
5 de Janeiro de 2016 às 17:07
Cavaco Silva evocou homenagens que no passado foram feitas a cidadãos portugueses
Cavaco Silva evocou homenagens que no passado foram feitas a cidadãos portugueses FOTO: Manuel Almeida/Lusa

O Presidente da República considerou esta terça-feira que "Portugal esteve à altura das responsabilidades" da integração na União Europeia (UE), ao lançar as comemorações dos 30 anos de adesão distinguindo personalidades que "contribuíram para o sucesso" desse processo.

"A adesão de Portugal foi um contributo da maior importância para consolidar o processo democrático e para o desenvolvimento económico, cultural e científico" do país, disse Aníbal Cavaco Silva.

Cavaco Silva evocou homenagens que no passado foram feitas a cidadãos portugueses que ganharam visibilidade na integração europeia para justificar como hoje quis distinguir "mulheres e homens que, longe das luzes da ribalta, contribuíram para que o processo fosse bem sucedido".

Onze personalidades foram condecoradas na cerimónia, a que assistiram nomeadamente o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, a secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Margarida Marques, o ex-presidente da Comissão Europeia José Manuel Durão Barroso e o ex-comissário europeu António Vitorino.

Entre os homenageados estão o antigo diretor-geral das Pescas da Comissão Europeia António Cavaco, o professor catedrático de direito público, europeu e internacional na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa Fausto de Quadros e o ex-diretor-geral das Pescas na Comissão Europeia e ministro do Mar no IX Governo José Almeida Serra, que serão condecorados como Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Presidente da República União Europeia diplomacia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)