Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Presidência rejeita desentendimentos com Governo

O chefe da Casa Civil da Presidência da República rejeitou, nesta segunda-feira, o envolvimento de Cavaco Silva em "interpretações especulativas" sobre o relacionamento entre órgãos de soberania, esclarecendo que não têm fundamento notícias de desentendimentos com o Governo.
30 de Janeiro de 2012 às 15:59
Nunes Liberato recorda ainda que o Presidente da República é "um órgão unipessoal" e que "as únicas pessoas habilitadas para falar em nome" de Cavaco Silva são os Chefes da Casa Civil e da Casa Militar
Nunes Liberato recorda ainda que o Presidente da República é 'um órgão unipessoal' e que 'as únicas pessoas habilitadas para falar em nome' de Cavaco Silva são os Chefes da Casa Civil e da Casa Militar FOTO: d.r.

"Na sequência de notícias veiculadas nos últimos dias em órgãos de comunicação e que tentam envolver o Presidente da República na origem de meras interpretações especulativas sobre o relacionamento entre órgãos de soberania, esclarece-se que essas notícias não têm fundamento", refere Nunes Liberato, numa declaração escrita enviada à Agência Lusa.

Na nota, Nunes Liberato recorda ainda que o Presidente da República é "um órgão unipessoal" e que "as únicas pessoas habilitadas para falar em nome" de Cavaco Silva são os Chefes da Casa Civil e da Casa Militar.

No sábado, o semanário 'Expresso' noticiou a existência de uma "divisão profunda" entre o Presidente da República e o Governo, com o chefe de Estado a discordar de alguns cortes na despesa e a temer "sangrias" na função pública e na Saúde.

presidência cavaco silva casal civil nunes liberato governo passos coelho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)