Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
5

Presidente da República exige estabilidade

Cavaco espera a resposta dos mercados ao próximo Orçamento do Estado, mas alerta Passos e Seguro que é preciso manter a estabilidade política
2 de Outubro de 2013 às 10:22
Cavaco chegou ontem a Estocolmo para uma visita  oficial
Cavaco chegou ontem a Estocolmo para uma visita oficial FOTO: Inácio Rosa/lusa

"Estou convencido de que Portugal não vai precisar de um segundo resgate. Os mercados estão sempre atentos à estabilidade política, é importante que Portugal continue a manter uma situação de estabilidade política."

As frases foram proferidas ontem por Cavaco Silva, em Estocolmo, capital da Suécia, e soam a aviso aos partidos do Governo, mas também ao PS, maior partido da oposição, dois dias após as autárquicas.

"Vamos ver a reação dos mercados ao Orçamento do Estado", acrescentou o Presidente da República. As palavras foram ditas em inglês, durante uma conferência de imprensa com o primeiro-ministro local, Fredrik Reinfeld, mas pareciam dirigidas a Lisboa.

"Temos ainda um longo trabalho pela frente", acrescentou Cavaco Silva, numa intervenção em que voltou a insistir num discurso positivo sobre o crescimento económico em Portugal. Em resposta aos jornalistas portugueses, afirmou que não vai especular sobre a possibilidade de um segundo resgaste, admitindo, porém, que tanto Portugal como a Irlanda venham a ter um programa cautelar depois da saída da troika, precisamente em junho de 2014.

Cavaco Silva está de visita oficial à Suécia, onde chegou ontem com 30 empresas e os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Economia, Rui Machete e António Pires de Lima.

cavaco silva visita oficial suécia governo oposição recado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)