Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Presidente da República já fez compras de Natal mas ainda não escolheu prenda para António Costa

Marcelo indicou que "desta vez não houve prendas políticas" só para vários membros da família e algumas para si próprio.
Lusa 26 de Novembro de 2022 às 19:04
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: Lusa
O Presidente da República já iniciou as suas compras natalícias e aproveitou para o fazer de forma solidária, no mercado organizado pela associação Novo Futuro, mas disse que ainda não pensou no que oferecer ao primeiro-ministro.

Marcelo Rebelo de Sousa fez esta manhã a visita anual habitual à Feira de Solidariedade Rastrillo, organizada pela associação Novo Futuro, e que decorre no Centro de Congressos de Lisboa.

E ali encontrou presentes para toda a família, entre toalhas, peças de cerâmica, vinho, sabonetes, marmelada ou chocolates. Enquanto percorria as várias bancas, o chefe de Estado distribuiu beijinhos e cumprimentos, e tirou várias 'selfies'.

Questionado pelos jornalistas, Marcelo indicou que "desta vez não houve prendas políticas", só para vários membros da família e algumas para si próprio.

"Uns livros para mim, o resto pequenas coisas para filha, filho, netos, irmãos", elencou.

O Presidente disse também que "ainda não" pensou no que poderá oferecer ao primeiro-ministro, mas apontou que "para dar presentes, tinha que dar aos vários líderes dos vários partidos com assento parlamentar", o que lhe seria "uma fortuna".

A associação Novo Futuro, que acolhe crianças e jovens, foi fundada em 1996 por Maria de Jesus Barroso.

O Presidente da República salientou que há mais de uma década que esta associação organiza "um momento único para, antes do Natal, um mês antes do Natal, apoiar uma causa social" que se prende com "crianças da rua e que precisam de abrigo e de acolhimento".

Marcelo Rebelo de Sousa indicou que tem "percorrido várias causas" e antecipou que "daqui até ao Natal haverá outras".

Ver comentários
C-Studio