Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

Presidente Guebuza chega a Lisboa e finta polícia e jornalistas

O Presidente moçambicano, Armando Guebuza, chegou este domingo a Lisboa, às 08h40, e aterrou no aeroporto militar de Figo Maduro, apesar de um corpo policial da PSP estar a espera do chefe de Estado no Aeroporto Internacional de Lisboa.

27 de Novembro de 2011 às 10:07
Guebuza veio a Lisboa para participar na primeira Cimeira Luso-Moçambicana
Guebuza veio a Lisboa para participar na primeira Cimeira Luso-Moçambicana FOTO: António Silva/Lusa

Vários agentes da Polícia de Segurança Pública e jornalistas estavam à espera do Presidente moçambicano na sala VIP do aeroporto da Portela, mas o avião do chefe de Estado aterrou no aeroporto de Figo Maduro.

Armando Guebuza veio a Lisboa para participar na primeira Cimeira Luso-Moçambicana, prevista para segunda e terça-feira, durante a qual será reforçada a relação entre os dois países.

A cimeira, prevista para o início deste ano, mas adiada devido à realização, em Junho, de eleições antecipadas em Portugal, terá como pontos da agenda oficial a avaliação e o reforço da cooperação bilateral, disse à Lusa fonte moçambicana.

Segundo um comunicado divulgado pelo gabinete do primeiro-ministro português, no âmbito da cimeira, Armando Guebuza reúne-se na segunda-feira, ao fim da tarde, no Palácio de Belém, com o seu homólogo português, Aníbal Cavaco Silva, que lhe oferece um jantar.

Para o mesmo dia estão previstas reuniões setoriais entre os ministros moçambicanos e os homólogos portugueses nos respetivos ministérios -- Finanças, Negócios Estrangeiros e Economia.

Durante a permanência da delegação moçambicana em Lisboa, será oficializada a entrada da REN no capital da Hidroeléctrica de Cahora Bassa, adquirindo metade dos 15 por cento que Portugal ainda detém, segundo disse à Lusa uma fonte ligada ao processo.

Esta aquisição significa o fim da presença do Estado português numa das maiores barragens de África, construída em 1969.

Na terça-feira, o Presidente moçambicano e comitiva restrita têm pelas 10h30 um encontro, no Palácio das Necessidades, com o primeiro-ministro português, Pedro Passos Coelho, a que se seguirá a reunião plenária, assinatura de acordos e uma conferência de imprensa conjunta.

Depois de um almoço oferecido por Passos Coelho, Armando Guebuza e comitiva deixam Lisboa pelas 18h30, com destino a Paris.

O chefe de Estado moçambicano será acompanhado na sua deslocação a Portugal pelos ministros dos Negócios Estrangeiros, Oldemiro Baloi, dos Transportes e Comunicações, Paulo Zucula, da Energia, Salvador Namburete, e das Obras Públicas, Cadmiel Muthemba.

armando guebuza moçambique portugal lisboa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)