Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

Presidentes serão todos ouvidos

A equipa especial da Procuradoria Geral da República (PGR) que está a investigar eventuais ilícitos na Câmara Municipal de Lisboa (CML) quer ouvir todos os presidentes da autarquia.
5 de Outubro de 2008 às 00:30
Todos os presidentes da CML serão ouvidos na PGR
Todos os presidentes da CML serão ouvidos na PGR FOTO: Manuel Moreira

Segundo apurou o Correio da Manhã o pedido da PGR chegou à Assembleia da República em Junho, muito antes de terminar a sessão legislativa que acabou em 18 de Julho. Dois actuais deputados (João Soares e Pedro Santana Lopes) ocuparam a presidência da CML, e a sua notificação tem de passar por um pedido prévio ao Parlamento.

João Soares, Jorge Sampaio, Santana Lopes e Carmona Rodrigues deverão ser confrontados com os critérios utilizados para a atribuição de casas da Câmara a funcionários, cooperativas e outras entidades.

Para já a equipa chefiada por Maria José Morgado já analisou mais de dois mil dossiês de atribuição de casas. A maior parte dos imóveis são habitações dadas em contrapartida por empresas de construção civil, que negociaram com a Câmara projectos de edificação.

São mais de 40 mil os arrendatários de casas camarárias, entre habitação social e património disperso. Muitos dos imóveis que consta estarem atribuídos em nome individual são prédios que albergam Fundações ou associações. A PGR está a realizar uma primeira triagem de todas as casas que foram atribuídas de modo a seleccionar quais os imóveis que foram entregues a particulares para residência, e quais aqueles que, estando em nome de particulares, albergam outras entidades. Trata-se de uma análise demorada que será essencial para distinguir quais os casos em que existe um efectivo favorecimento

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)