Prisão retira medalha dada a Armando Vara em 2005

Erradicação automática foi aplicada ao antigo ministro pela condenação a prisão efetiva, sem recurso.
Por Janete Frazão|15.03.19
Armando Vara já não é, oficialmente, Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique. O despacho assinado pelo secretário-geral das Ordens Honoríficas, Arnaldo Pereira Coutinho, datado de 15 de fevereiro de 2019, foi esta quinta-feira publicado em Diário da República.

Esta decisão prende-se com a condenação do antigo ministro a cinco anos de prisão efetiva por três crimes de tráfico de influência, no processo Face Oculta, sem recurso. O também ex-administrador da CGD e do BCP está detido em Évora desde 16 de janeiro passado.

Vara recebeu a Ordem do Infante em 2005, pelas mãos do então Presidente da República Jorge Sampaio, pela participação na organização do Campeonato da Europa de futebol de 2004, em Portugal.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!