Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

PS chamou a polícia

A feira anual de Corroios, que se realiza entre os dias 21 e 30 de Agosto e onde são esperadas cerca de 500 mil visitantes, colocou o PS e o PCP em guerra. O candidato do PS à Câmara Municipal do Seixal, Samuel Cruz, afirma que foi agredido verbalmente por algumas das pessoas que estavam a trabalhar na organização da feira e que contestaram a sua presença no local gritando entre outras coisas "vêm para aqui estes doutores da m...", disse.
20 de Agosto de 2009 às 00:30
Um cartaz do candidato socialista à Câmara de Seixal foi destruído
Um cartaz do candidato socialista à Câmara de Seixal foi destruído FOTO: direitos reservados

Em declarações ao CM, o candidato socialista disse que acabou por chamar a PSP para se queixar "de injúrias e ameaças", acabando as pessoas por ser identificadas no local.

Samuel Cruz deslocou-se ao local para ver qual o espaço dedicado ao PS na feira, assunto que também causou dano na relação entre os dois partidos. Enquanto o espaço dedicado à área política da CDU chega aos 21 metros, as outras forças políticas têm apenas três metros e meio, o que leva o socialista a falar em "incumprimento da lei eleitoral", uma vez que não é dado o mesmo espaço às forças partidárias.

Eduardo Rosa, presidente da Junta de Freguesia de Corroios, que é liderada pelo PCP, refuta as acusações, referindo que "o PCP tem mais espaço porque tem um restaurante-bar e há um espaço dedicado à JCP, e o PS na carta que nos enviou não estipulou o espaço que pretendia". O presidente da Junta de Corroios refere também que coloca "em primeiro lugar aqueles que colaboram todos os anos connosco, o que não acontece com o PS, que só participa de quatro em quatro anos, quando há eleições".

Samuel Cruz refere ainda que na terça-feira, após este conflito, apareceu alguns outdoors da sua campanha destruídos. O candidato socialista é peremptório: "Não acredito em coincidências."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)