Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
7

PS contra lei das 40 horas de trabalho

Lei que prevê aumento do horário de trabalho no Estado foi promulgada por Cavaco Silva na quinta-feira.
28 de Agosto de 2013 às 10:44
Líder parlamentar do PS discorda do alargamento do horário de trabalho para os funcionários públicos
Líder parlamentar do PS discorda do alargamento do horário de trabalho para os funcionários públicos FOTO: Manuel Azevedo

O líder parlamentar do PS, Carlos Zorrinho, disse esta quarta-feira à agência Lusa que o partido discorda do alargamento do horário de trabalho no Estado e que, por isso, irá suscitar a apreciação desta lei no Tribunal Constitucional.

A lei que estipula o aumento do horário de trabalho no Estado de 35 para 40 horas semanais foi promulgada na quinta-feira pelo Presidente da República Cavaco Silva.

"O PS respeita a decisão do Presidente da República, mas discorda profundamente do facto de a lei não ter sido enviada para fiscalização preventiva do Tribunal Constitucional e, de acordo com o nosso compromisso, os deputados no PS, uma vez publicado este diploma, suscitarão a sua apreciação pelo TC", afirmou Carlos Zorrinho, em declarações à Lusa.

O dirigente socialista referiu que "esta medida não é original do memorando [com a troika], no fundo responde a uma emenda feita ao memorando assumida pelo Governo na sétima avaliação da troika, que foi a avaliação mais secreta e mais feita nas costas dos parceiros sociais e dos partidos políticos".

Para o líder parlamentar do PS, esta medida tem "uma consequência imediata, que é reduzir em mais de 14% a remuneração horária dos funcionários públicos sem que isso tenha nenhuma consequência muito relevante no Orçamento de Estado".

Em seu entender, o que esta medida configura é "mais um passo para escancarar a porta dos despedimentos dos funcionários públicos, não da mobilidade, não da gestão, não da reforma, mas do despedimento forçado dos funcionários públicos".

divergências PS pedido apreciação lei 40 horas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)