PS perto de dispensar BE e PCP na geringonça

PS atinge os 42 por cento das intenções de voto e BE perde eleitorado para a CDU.
Por José Rodrigues|11.02.17
PS perto de dispensar BE e PCP na geringonça
Os socialistas estão à beira de poderem dispensar os seus parceiros da ‘geringonça’ para governar. Segundo uma sondagem CM/Aximage, se as eleições fossem hoje, o PS obteria, sozinho, 42% dos votos, valor muito próximo da maioria absoluta. No entanto, o PSD conseguiu este mês inverter a tendência de queda nas sondagens que se verificava desde março do ano passado, ou seja, há quase um ano.

Segundo a sondagem, realizada entre os dias 5 e 8 do corrente mês, os sociais-democratas obtêm 26,4% das intenções de voto, mais 1,3 pontos percentuais do que em janeiro (25,1%). A sondagem não leva em linha de conta o reacender da polémica sobre a CGD, com o ministro das Finanças, Mário Centeno, a ser acusado de ter mentido à comissão parlamentar de inquérito, mas já comporta o caso da descida da TSU dos patrões, em que o PSD teve um papel determinante para o fim deste benefício às empresas.

Conheça o barómetro político de fevereiro
Já o CDS-PP regista uma queda significativa, passando de 6,8% em janeiro para 5% em fevereiro – menos 1,8 pontos percentuais. Assim, tudo indica que se verificou uma transferência das intenções de voto do CDS para o PSD.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De eusebiopecurto11.02.17
    O PS deve passar do medo para a confiança e chutar a gerigonça Eles sempre defenderam o centro direita
3 Comentários
  • De ROLF11.02.17
    Não terá impacto algum, muito pelo contrário....
    Responder
     
     0
    !
  • De eusebiopecurto11.02.17
    O PS deve passar do medo para a confiança e chutar a gerigonça Eles sempre defenderam o centro direita
    Responder
     
     0
    !
  • De suiriri11.02.17
    A oposição anda desesperada e não sabe mais o que inventar para colocar em causa o governo depois dos bons resultados desta governação.
    Responder
     
     -2
    !