Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

PS critica a "fúria privatizadora" do Governo e o de "desmantelar" grupo Águas de Portugal

Deputado socialista acusa o Executivo de não ter em conta o interesse público e o interesse dos consumidores.
18 de Setembro de 2014 às 18:00
Deputado socialista, Pedro Farmhouse, lamentou as decisões do Conselho de Ministros
Deputado socialista, Pedro Farmhouse, lamentou as decisões do Conselho de Ministros FOTO: Pedro Catarino

O PS acusou esta quinta-feira o Governo de demonstrar "fúria privatizadora" e de "desmantelar" o grupo Águas de Portugal, considerando que o processo de alienação da Empresa Geral do Fomento (EGF) não defende o interesse público.

"O Governo deu hoje [esta quinta-feira] mais um passo na sua fúria das privatizações. A preocupação do Governo não foi a garantia do interesse público ou dos consumidores, mas acima de tudo privatizar uma empresa que era lucrativa, que faz parte do grupo Águas de Portugal e que é parceira de 174 municípios", declarou Pedro Farmhouse.

Esta posição foi assumida pelo deputado socialista no parlamento, após o Conselho de Ministros ter anunciado que o consórcio SUMA, liderado pela Mota-Engil, venceu o concurso para a privatização de 95 por cento do capital da EGF, a sub-holding do grupo Águas de Portugal.

Pedro Farmhouse PS Governo fúria privatizadora desmantelar Águas de Portugal Empresa Geral do Fomento EGF
Ver comentários