Sub-categorias

Notícia

PSD acusa Governo de "falta de transparência" no reforço dos fundos do Hospital de Santarém

Reforço de capital realizado ficou aquém do exigido pelo Tribunal de Contas.
Por Lusa|12.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O PSD acusou esta quinta-feira o Governo de "falta de transparência e competência" na resolução dos problemas do Hospital de Santarém, por, ao contrário do afirmado, o reforço de capital realizado ficar aquém do exigido pelo Tribunal de Contas.

Os deputados do PSD eleitos por Santarém, Nuno Serra, Teresa Leal Coelho e Duarte Marques, reuniram-se na quarta-feira com a administração do Hospital Distrital de Santarém (HDS) e "ficaram a saber que a recapitalização feita pelo Governo ficou aquém das necessidades exigidas pelo Tribunal de Contas e que Governo só autorizou a contratação de 18 dos 49 enfermeiros pedidos pelo Hospital para fazer face às 35 horas" semanais, afirmam em comunicado.

Os deputados lembram que, para resolver o problema dos fundos negativos, que levou o Tribunal de Contas (TdC) a negar visto à segunda fase das obras no bloco operatório e ao fornecimento de refeições, o Governo antecipou receita do HDS no valor de 16,8 milhões de euros e procedeu a um reforço de capital de 18,7 milhões de euros.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!