Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

PSD ACUSA PS DE ANDAR A REBOQUE DO BLOCO

O PSD acusou ontem os socialistas de andarem a reboque de um “partido extremista e de esquerda”, numa referência ao Bloco de Esquerda. As acusações foram proferidas por José Matos Correia, vice-presidente do PSD, no final da reunião da primeira Comissão Política social-democrata depois do Congresso laranja.
1 de Junho de 2004 às 00:00
“Há uma coisa de que os portugueses podem ter a certeza: o PSD nunca andará a reboque de um partido extremista e radical de extrema-esquerda, como tem nos últimos tempos acontecido com o PS”, declarou Matos Correia.
Curioso é que estas afirmações tenham surgido dois dias depois de Telmo Correia, líder parlamentar do CDS-PP, ter dito precisamente o mesmo num jantar, em Gaia. A Comissão Política do PSD condenou aquilo que considerou “radicalismo e desrespeito pelas regras básicas de convivência democrática” e frisou que “não aceitará que se faça política com base na ofensa”.
Instado a comentar, à luz destas afirmações, as declarações ofensivas de Ana Manso e de João Almeida sobre o cabeça de lista do PS às europeias, Matos Correia garantiu que o PSD “condena todos os comentários com linguagem excessiva, mas não confunde a vivacidade do debate político com o sistemático recurso a uma campanha de insulto”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)