Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
8

PSD e CDS-PP fecham acordo para próximo Governo

O PSD e o CDS-PP chegaram a um acordo político para o próximo Governo.
14 de Junho de 2011 às 13:04
Portas e Passos entenderam-se quanto a um Executivo de coligação
Portas e Passos entenderam-se quanto a um Executivo de coligação FOTO: Lusa

É essa a razão do encontro desta terça-feira entre o líder do PSD, Pedro Passos Coelho, e o Presidente da República, Cavaco Silva, em Belém.

Até ao momento, desconhece-se se o novo primeiro-ministro está já a apresentar a lista do novo Executivo a Cavaco ou se apenas lhe está a dar conta da coligação com o partido de Paulo Portas.

A audiência desta terça-feira realiza-se ainda antes de Cavaco Silva começar a ouvir os partidos com representação parlamentar, um passo indispensável para a indigitação do novo primeiro-ministro.

O primeiro partido a ser recebido pelo chefe de Estado será o partido ecologista Os Verdes, às 15h00, seguindo-se o Bloco de Esquerda, às 16h00, e o PCP, às 17h00.

As audiência com os partidos com assento na Assembleia da República ficarão concluídas na quarta-feira, com o chefe de Estado a receber o CDS-PP às 10h00, o PS às 11h00 e o PSD às 12h00.

De acordo com o número 1 do artigo 187º da Constituição, relativo à formação do Governo, "o primeiro-ministro é nomeado pelo Presidente da República, ouvidos os partidos representados na Assembleia da República e tendo em conta os resultados eleitorais".

Na semana passada, quando anunciou que as audiências com os partidos se iriam realizar terça e quarta-feira, o Presidente da República tinha já lembrado que só depois desses encontros é que o novo primeiro-ministro será indigitado.
 
Posteriormente, o Presidente da República revelou ainda que o novo Governo poderá tomar posse antes do dia 23, caso não surja algo de "confuso" ou "difícil" na contagem dos votos da emigração.

psd cds-pp cavaco ar presidente maioria coligação
Ver comentários