Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
1

PSD: "Não haverá aumento de impostos"

O secretário-geral do PSD, Miguel Relvas, afirmou neste domingo que "não haverá aumento de impostos" com os sociais-democratas no Governo e o programa eleitoral "demonstra-o" de "forma clara".
8 de Maio de 2011 às 19:14
"Não haverá aumento de impostos, de uma forma clara já está demonstrado, o programa demonstra-o", afirmou Miguel Relvas
'Não haverá aumento de impostos, de uma forma clara já está demonstrado, o programa demonstra-o', afirmou Miguel Relvas FOTO: Bruno Colaço

"Não haverá aumento de impostos, de uma forma clara já está demonstrado, o programa demonstra-o", afirmou Miguel Relvas aos jornalistas após o Conselho Nacional do PSD, que decorreu num hotel de Lisboa.  

Miguel Relvas respondia aos jornalistas que o questionavam acerca da proposta do PSD de reduzir a taxa social única (TSU), nomeadamente sobre  e a forma de "compensar" essa descida seria o aumento de impostos.  

Miguel Relvas afirmou que "está já esclarecido que não", remetendo para as explicações de Carlos Moedas, que anteriormente tinha dito aos jornalistas que a descida da TSU será conseguida através da "reestruturação do IVA", como já constava do PEC e já tinha sido defendido pelo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos.  

O provedor da Santa Casa da Misericórdia, António Carapeto, considerou que Portugal precisa de mais equipamentos destes, destinados aos mais carenciados, onde se incluem os "idosos que têm reformas baixas e não têm condições para pagar lares privados".  

psd miguel relvas impostos eleições ajuda externa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)