Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

PSD quer ouvir PGR e director PJ

O líder do PSD anunciou esta segunda-feira que o partido vai solicitar a audição no Parlamento do procurador-geral da República (PGR), Pinto Monteiro, e do director da Polícia Judiciária (PJ), Alípio Ribeiro, sobre o que consideram necessário para reforçar o combate à corrupção e crime económico. Para Marques Mendes não pode existir “medo” nesta luta.
20 de Novembro de 2006 às 19:57
“Vamos tomar a iniciativa de chamar ao Parlamento o PGR e o director da PJ para perguntar a eles, que estão no terreno no combate à corrupção, que meios precisam, que aperfeiçoamento da lei é que consideram necessário para um combate mais eficaz e energético à corrupção”, afirmou Marques Mendes, à saída da reunião com o prefeito do Rio de Janeiro, César Maia.
"Não me passa pela cabeça que seja inviabilizado. Seria mesmo um sinal muito negativo de falta de vontade política para combater a corrupção", salientou Marques Mendes, recordando que no discurso do 5 de Outubro, o próprio Presidente da República, Cavaco Silva fez um apelo nesse sentido.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)