Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

PT admite erro com Pedroso

A directora do departamento jurídico da Portugal Telecom (PT), Isabel Sequeira, assumiu ontem que existiu um erro no envio dos registos telefónicos do antigo deputado socialista Paulo Pedroso e indicou que isso aconteceu por desconhecimento e não por “dolo” ou “negligência”.
8 de Dezembro de 2006 às 00:00
Isabel Sequeira admitiu erro na facturação de Paulo Pedroso
Isabel Sequeira admitiu erro na facturação de Paulo Pedroso FOTO: D.R.
“O problema foi um erro na retirada de informação e no envio de informação a mais”, afirmou Isabel Sequeira, durante uma audição na comissão eventual de inquérito parlamentar sobre o ‘Envelope 9’.
O inquérito parlamentar foi proposto pelo Bloco de Esquerda depois de divulgado o caso do ‘Envelope 9’, documento do processo Casa Pia que tinha, além da informação pedida à PT sobre a facturação detalhada de Paulo Pedroso, uma lista de 208 outros números de telefone privados de pessoas que nada tinham a ver com a investigação.
Na audição, Isabel Sequeira disse ainda que a PT nunca foi alertada pela Polícia Judiciária ou pelo Ministério Público de que tinha sido enviada “informação a mais “, não sabendo se estas se aperceberam “do erro”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)