Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

QREN: CML investiga atraso de candidatura

A Câmara Municipal de Lisboa (CML) ordenou a realização de um inquérito interno para apurar responsabilidades sobre as falhas nas candidaturas a fundos comunitários do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), para financiar a construção e requalificação de escolas.
10 de Setembro de 2008 às 15:30
QREN: CML investiga atraso de candidatura
QREN: CML investiga atraso de candidatura FOTO: d.r.

A vereadora com o pelouro da Educação, Rosália Vargas, anunciou o inquérito no período antes da ordem do dia na reunião de câmara desta quarta-feira, mas minimizou a questão lembrando que as candidaturas vão avançar na segunda fase do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN).

As candidaturas em causa diziam respeito a dois projectos de ampliação - Escola Básica do 1º Ciclo das laranjeiras e Jardim-de-Infância de Alvalade - e à construção de raiz de um estabelecimento de ensino no Bairro do Armador, cuja primeira pedra foi lançada numa cerimónia em finais de Junho. Cada projecto aprovado recebe um máximo de 800 mil euros de fundos comunitários.

As falhas na primeira fase do QREN estendem-se também às autarquias do Seixal e do Barreiro, que também não conseguiram entregar a tempo as respectivas candidaturas. A primeira fase do concurso para a requalificação da rede escolar do primeiro ciclo da região de Lisboa decorreu entre 18 de Janeiro e 30 de Junho, com uma participação comunitária de oito milhões de euros.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)