Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
6

Quinto ano de mandato do Presidente Marcelo arranca em quarentena

Chefe de Estado mantém tabu e só revela no outono se vai ser candidato às presidenciais.
Wilson Ledo 9 de Março de 2020 às 08:43
A carregar o vídeo ...
Quinto ano de mandato do Presidente Marcelo arranca em quarentena
É num cenário inusitado que Marcelo Rebelo de Sousa inicia esta segunda-feira o quinto e último ano como Presidente da República: isolado em casa por causa do coronavírus. O mesmo Marcelo que, ao longo dos últimos quatro anos, ganhou o título de "Presidente dos Afetos" pela presença constante e próxima nas ruas.

Nesta fase do mandato, há uma dúvida que se impõe: irá candidatar-se a um segundo mandato em Belém? O Presidente tem atirado a decisão para outubro ou novembro, fazendo-a depender do estado de saúde.

As sondagens apontam-no, de forma unânime, como vencedor, mas Marcelo admite ser o primeiro Chefe de Estado a não ter segundo mandato. Desde a primeira hora, e perante um Governo assente na "geringonça", Marcelo tem apelado à estabilidade. Agora, que não há acordos escritos, a mensagem é reforçada: "Não há sequer condições para estar a pensar em crises." Até porque o poder para dissolver o Parlamento só pode ser exercido entre abril e setembro.

Homem de causas, sobretudo a dos sem-abrigo, procurou sempre dar o exemplo. Em 2018, após os grandes incêndios do ano anterior, passou férias nas áreas afetadas. E sempre que no estrangeiro há um português afetado por uma tragédia, uma chamada telefónica é quase certa.

Nestes anos, vetou 17 diplomas e só numa vez, nas "barrigas de aluguer", recorreu ao Tribunal Constitucional para tirar dúvidas. É esse o cenário mais provável na eutanásia já que Marcelo, católico convicto, sempre se mostrou contra a morte assistida.

NÚMEROS
76 viagens ao estrangeiro marcam o lado diplomático de Marcelo. Sempre de agenda cheia, visitou 37 países.

12 rondas de audições aos partidos comprovam a forte atenção do Presidente da República à atividade parlamentar.

52% dos votos foi o resultado atingido em janeiro de 2016. Eleito à primeira volta, não conseguiu ter recorde.
Marcelo Rebelo de Sousa Presidente política governo (sistema) chefes de estado
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)