Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
3

Reeleição de Sócrates é falta de “juízo”

O presidente do PSD-Madeira, Alberto João Jardim, afirmou sexta-feira à noite que se os portugueses elegerem de novo José Sócrates para primeiro-ministro é um sinal de que perderam o “juízo”.
17 de Janeiro de 2009 às 14:52
Jardim diz que Sócrates tem que ser derrotado
Jardim diz que Sócrates tem que ser derrotado FOTO: d.r.

“Se os portugueses elegeram Sócrates primeiro-ministro, primeiro vai ser muito complicado, aqui, aturá-lo até 2013 e, por outro lado, se os portugueses o elegerem primeiro-ministro é sinal que o País perdeu o juízo”, disse num jantar/comício em Porto Moniz com militantes do PSD.

“Será possível que, depois do estado em que está Portugal, em que fecha fábrica atrás de fábrica, em que o desemprego sobre, em que tudo foi ao contrário das promessas que o senhor Sócrates fez, o povo perde o juízo lá no continente e vai votar nesse cavalheiro”, questionou.  

Jardim defendeu assim que “a primeira sova a dar nos socialistas é já nas eleições europeias (...) para depois ganharmos embalagem para as duas outras eleições seguintes”.

“Nós vamos dar a resposta, porque esse senhor não passa impune aqui, na Madeira”, concluiu.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)