Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Reformados protestam contra cortes nas pensões

MURPI diz que o Governo reduziu a contribuição das entidades empregadoras.
18 de Abril de 2015 às 10:50
A MURPI afirma ter sido "surpreendida" com as declarações da ministra das Finanças
A MURPI afirma ter sido 'surpreendida' com as declarações da ministra das Finanças FOTO: Manuel de Almeida/Lusa

Os reformados, pensionistas e idosos da confederação MURPI protestaram contra a continuação dos cortes nas pensões, em comunicado este sábado divulgado, e anunciaram que não vão permitir que a sustentabilidade da Segurança Social seja feita à custa dos seus rendimentos.


Num comunicado intitulado 'Governo insiste no saque aos reformados', a Confederação Nacional de Reformados, Pensionistas e Idosos MURPI afirma ter sido "surpreendida" com as declarações da ministra das Finanças ao anunciar a continuação dos cortes nas pensões dos reformados nos próximos cinco anos.


"Estas declarações vêm no sentido contrário à aprovação, por milhares de reformados, no dia 11 de abril, da exigência do aumento generalizado das suas pensões", afirmam, defendendo que as medidas do Governo "visam a fragilização financeira da Segurança Social e o empobrecimento generalizado da grande maioria dos portugueses".


A MURPI destaca que o Governo reduziu a contribuição das entidades empregadoras, aprovou perdões fiscais que geram mais dívidas à Segurança Social e cortou no ano passado 578,8 milhões de euros nas despesas com prestações sociais.


"O Governo pretende descapitalizar a Segurança Social, degradar o funcionamento dos serviços sociais, com o despedimento de trabalhadores, para promover a privatização da Segurança Social à custa de retrocesso social da sociedade portuguesa", afirma a MURPI, defendendo a urgência de um afastamento deste Governo.


A Confederação apela a todos os reformados e pensionistas a participarem nas comemorações do 25 de abril e do 1.º de Maio, continuando a luta pela derrota da política do Governo.

confederação MURPI Segurança Social
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)