Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Rei Abdullah II convida Sócrates

O rei Abdullah II convidou ontem o primeiro-ministro, José Sócrates, a visitar a Jordânia. Após um almoço em São Bento, o monarca jordano e o chefe do Governo português acordaram ainda a visita, em breve, de uma delegação empresarial da Jordânia a Portugal, para se inteirar da experiência do nosso país ao nível das novas tecnologias. O objectivo é claro: intensificar as relações entre os dois países.
18 de Março de 2009 às 00:30
Rei da Jordânia almoçou em São Bento com José Sócrates
Rei da Jordânia almoçou em São Bento com José Sócrates FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

Certo é que a visita dos reis da Jordânia já está a dinamizar as relações económicas entre os dois países, que ontem assinaram vários acordos, na área da promoção de investimento e das energias. Aliás, para o ministro da Economia, Manuel Pinho, a energia e o turismo são duas áreas prioritárias na relação entre os dois países.

O governante reuniu-se ontem com o rei Abdullah II e vários empresários, antes do seminário ‘Oportunidades de Negócio na Jordância’, que reuniu os representantes de cerca de 150 empresas.

"A Jordânia pode ser uma oportunidade para Portugal, porque é um país que não tem problemas de liquidez e é o segundo menos afectado pela crise. Não é de todo uma aventura investir na Jordânia", concluiu o presidente da CIP, Francisco van Zeller, após o encontro com o rei jordano, que visitou ainda a farmacêutica Hikma, em Sintra.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)