Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
4

RELIGIÃO FORA DA CONSTITUIÇÃO

Valéry Giscard d'Estaing, presidente da Convenção sobre o futuro da Europa, abriu formalmente o debate sobre a inclusão ou não da religião na futura Constituição da União Europeia.
31 de Janeiro de 2003 às 00:00
Em entrevista ao jornal alemão “Die Zeit”, o antigo chefe de Estado francês mostrou-se contra qualquer referência a Deus no texto.

Saber se a “herança religiosa” da Europa deve ser referida na futura Constituição é uma das mais polémicas questões da Convenção. O Papa João Paulo II pediu, em Novembro, a d’Estaing para incluir a religião no futuro tratado. A questão mereceu a discórdia de muitos líderes europeus – incluindo a do eurodeputado português Mário Soares – que afirmam que isso seria fazer da UE um clube cristão, o que não corresponde às ambições dos fundadores.

Durante meses, d’Estaing não se manifestou sobre o assunto, mas na entrevista reconheceu que os europeus “têm de facto uma herança religiosa mas vivem em sistemas políticos seculares, nos quais a religião não desempenha qualquer papel”.

A questão ainda não foi debatida na Convenção, mas a ideia de manter a Igreja e o Estado completamente separados poderá provocar algumas divisões e contar com a oposição do conservador Partido Popular Europeu (PPE). Alguns membros da Convenção assinaram mesmo uma petição para a inclusão na futura Constituição de um parágrafo sobre o assunto.
“Os valores da União devem abranger os valores daqueles que acreditam em Deus como fonte de verdade e justiça tal como os daqueles que não partilham essa crença mas respeitam esse universo de valores”.

Estas pressões juntam-se às de João Paulo II, que no encontro com d’Estaing lhe pediu para não deixar a Convenção esquecer “essa extraordinária herança religiosa, cultural e cívica que tem contribuído para a consolidação da grandeza da Europa ao longo dos séculos”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)