Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
9

Rio só tira propaganda de opositores

O PCP acusou esta quinta-feira Rui Rio de usar “dois pesos e duas medidas” nos critérios para a remoção de propaganda nos espaços públicos, penalizando apenas os seus opositores políticos.
14 de Junho de 2007 às 18:33
Para os comunistas, “o que está em causa não são razões de ordem estética, mas sim de ordem política”. Num comunicado, o PCP considera que o presidente da Câmara do Porto “quer calar a voz de quem o incomoda ou contraria, como se viu, aliás, com a ideia peregrina de não atribui subsídios às instituições que critiquem a câmara”.
Os dirigentes comunistas referem que a cidade “vê espalhados por todo o lado ‘outdoors’, estruturas através das quais, com dinheiros públicos, Rui Rio propagandeia as iniciativas da coligação PSD-PP”. No entanto, continua o comunicado, “Rui Rio manda retirar faixas, pendões e painéis do PCP, da CDU, e de outras forças sociais e políticas, sempre alegando que o faz por razões estéticas”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)