Barra Cofina

Correio da Manhã

Política
2

Ruben de Carvalho, o homem que criou a festa do ‘Avante!’

Jornalista de profissão, desempenhou vários cargos políticos e era também um melómano confesso.
Ana Maria Ribeiro 12 de Junho de 2019 às 01:30
Ruben de Carvalho
Ruben de Carvalho
Morreu o jornalista e histórico comunista Ruben de Carvalho
Ruben de Carvalho
Ruben de Carvalho
Morreu o jornalista e histórico comunista Ruben de Carvalho
Ruben de Carvalho
Ruben de Carvalho
Morreu o jornalista e histórico comunista Ruben de Carvalho
Culto, de mente ágil e espírito aberto, capaz de discutir sobre todos os assuntos com pessoas de todos os quadrantes políticos.

Eis como será recordado Ruben de Carvalho, dirigente histórico do Partido Comunista Português (PCP), que morreu esta terça-feira, aos 74 anos, vítima de doença prolongada.

Marcelo Rebelo de Sousa lamentou a morte do jornalista e conhecido melómano – foi um dos fundadores e principal mentor da Festa do ‘Avante!’ – com uma nota publicada no portal da Presidência da República.

"Defensor da liberdade desde jovem, deputado à Assembleia da República, vereador da Câmara Municipal de Lisboa, Ruben de Carvalho deixa um rasto de saudade em todos quantos tiveram o privilégio de partilhar a sua afabilidade de trato e reconhecer o seu empenhamento profundo na defesa das causas em que acreditava", escreveu o Presidente da República.

Ruben de Carvalho aderiu ao PCP em 1970, depois de ter passado pela direção da comissão pró-associação dos estudantes do ensino liceal e a da Faculdade de Letras, na década de 60.

Foi preso pela PIDE seis vezes, a primeira das quais em 1961, aos 16 anos, a última 18 dias antes do 25 de Abril de 1974. Era o último membro do atual Comité Central do PCP a ter sido preso às ordens de Salazar.

Dois anos depois da Revolução, fundou a Festa do ‘Avante!’, que revelou no nosso país Dexys Midnight Runners ou Chico Buarque.

Ontem à noite, o PCP desconhecia ainda pormenores sobre o funeral de Ruben de Carvalho.

Campanha por Humberto Delgado
Antes de aderir ao Partido Comunista Português, e com apenas 14 anos, foi membro da comissão juvenil de apoio à candidatura de Humberto Delgado às eleições presidenciais, no ano de 1958.

PERFIL 
Ruben Luís Tristão de Carvalho e Silva nasceu em Lisboa a 21 de julho de 1944. Jornalista de profissão, foi chefe de redação da ‘Vida Mundial’ na década de 60 e do semanário ‘Avante!’ entre abril de 1974 e 1995, e cronista em vários jornais. Escreveu vários livros e deixa viúva Madalena Santos, "companheira de vida e de luta".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)