Barra Cofina

Correio da Manhã

Política

Rui Machete já assumiu a omissão

João Semedo, do BE, pede a demissão por mentira. Governante diz que é incorreção factual
22 de Setembro de 2013 às 01:00
Rui Machete afinal tinha ações da SLN, mas disse o contrário numa carta ao BE
Rui Machete afinal tinha ações da SLN, mas disse o contrário numa carta ao BE FOTO: tiago petinga/lusa

É mais um caso polémico no percurso de Rui Machete. Uma carta enviada ao Bloco de Esquerda, em 2008, a defender que nunca foi acionista da Sociedade Lusa de Negócios (SLN), ex-dona do BPN, levou ontem o coordenador do partido, João Semedo, a pedir a sua demissão e acusá-lo de "mentir". O ministro dos Negócios Estrangeiros já reagiu e assumiu uma "incorreção factual", em comunicado.

Em causa está o facto de o atual governante ter comprado ações da SLN, entre 2000 e 2001, que mais tarde vendeu com lucro de 150 por cento. "A mentira é sempre condenável. Quem mente não pode governar", avisou Semedo, recorrendo à carta com data de 5 de novembro de 2008.

Mais, para o BE não basta a demissão: A Procuradoria-Geral da República deve intervir, e o Parlamento deve fazer queixa, caso contrário, o BE avançará com o processo.

Para o líder do PS, António José Seguro, o ministro mentiu e considerou que tal é uma matriz deste Governo, referindo-se à ministra das Finanças e à polémica dos swaps. Mas, o primeiro-ministro, Passos Coelho, assegura que confia "totalmente" em Machete. O ministro, aliás, justifica-se: "É evidente que eu não podia ter qualquer interesse ou intenção em ocultar o facto de ter tido, em algum momento, ações da SLN".

A frase da carta de 2008, destinada à comissão de inquérito sobre o BPN, e que despoletou a polémica, foi: "Tão pouco pertenci à administração, conselho fiscal, fui, ou sou sócio ou acionista da SLN". Machete pertencia ao conselho superior de consulta da SLN.

Nuno Melo, vice-presidente do CDS-PP, então presidente da comissão de inquérito, confessa que não se recorda da carta e não faz comentários.

rui machete bloco de esquerda sln bpn ações passos coelho
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)